No trânsito do dia a dia, cuja rotina do motorista de caminhão é tão exaustiva, ninguém está livre de dar algumas “navalhadas”, como é dito em vários lugares do país, nem mesmo os motoristas mais experientes. No entanto, para ajudar aos mais velhos e, também, aos motoristas mais novos, que tal saber um pouco sobre erros que caminhoneiros devem evitar? Se for um assunto do seu interesse, continue lendo e descubra um pouco mais.

O trabalho dos caminhoneiros é pesado e exige determinação, planejamento e, principalmente, gostar dessa vida em trânsito. No entanto, às vezes, os motoristas estragam a experiência do trabalho e não conseguem sucesso por erros que poderiam ser, com mais atenção, evitados.

Quais os principais erros que caminhoneiros devem evitar?

Para responder esse questionamento, leia essa pequena lista de erros que caminhoneiros devem evitar:

  • Preparação para o trabalho: Se o trabalho do motorista de caminhão é árduo e com cobranças enormes, não se justifica o não planejamento da carreira, a formação continuada e a preparação emocional da profissão. Assim, participar de cursos que desafiam o caminhoneiro, exigindo um esforço em todos os campos da sua atuação, é fundamental para o sucesso, uma vez que irá ensiná-lo a lidar não só com o fator físico envolvido no trabalho, mas, principalmente, com os problemas emocionais, como a saudade, ausência do lar e ansiedade pelo trabalho.
  • Expectativas: Como é sabido, é melhor não criar expectativas, mas isso não quer dizer que não devemos imaginar o que queremos e, assim, ir atrás dos nossos objetivos. O que é importante, nesse caso, consiste em não romantizar o trabalho, isto é, reconhecer que há problemas, dificuldades e, às vezes, pouco reconhecimento profissional. Desse modo, ao encontrar dias de cansaço, com um chuveiro ruim, ou uma cama desconfortável, o motorista não irá se decepcionar com a sua profissão.
  • Confiança e arrogância: Para o caminhoneiro, reconhecer que é capaz é essencial, mas não pode tal característica não pode vir acompanhada de arrogância, mas, sim, de humildade. O motorista que acredita demais em si mesmo, imaginando ser capaz de tudo, é, na maioria das vezes, os que sofrem mais acidentes e encontram obstáculos na carreira.
  • Sabe tudo: Para os experientes e, também, para os iniciantes, saber tudo não é positivo, pois o indivíduo não se permite conhecer mais, aprender mais e, assim, ser melhor. Logo, ao achar que sabe mais do que os outros, o caminhoneiro não respeita mais as normas e leis, pois, para ele, elas podem ser ultrapassadas, ou não fazerem sentido.

Como não se sabotar na profissão

  • Faça somente aquilo que é possível nas suas condições atuais.
  • Faça o melhor que puder e se alegre com os resultados obtidos.
  • Se valorize.
  • Se comprometa.
  • Mantenha o seu equilíbrio, isto é, faça sempre uma autoavaliação.
  • Saiba que erros acontecem, mas não deixe isso desanimá-lo.
  • Mantenha a cabeça aberta.
  • Se inspire em pessoas que obtiveram sucesso.
  • Seja realista e trace objetivos que podem ser alcançados.
  • Busque aprender sempre.

Portanto, para que o caminhoneiro possa evitar erros e ter sucesso em sua carreira, aprender sempre mais e reconhecer as próprias limitações é um caminho de sucesso, que deve ser percorrido por motoristas jovens e experientes, já que ninguém sabe tudo e sempre há possibilidades de crescimento pessoal e profissional. Desse modo, traçar metas e planejar, sem criar expectativas irrealizáveis, é, ao que parece, um modo de ser e agir que todo caminhoneiro deve buscar.

Compartilhe este texto com seus amigos!