Velocidade é, hoje em dia, tudo na vida das pessoas e, se já é possível ter uma internet veloz e drive thrus para facilitar a vida moderna, por exemplo, por que não tornar realidade a rapidez das entregas? Pensando nisso, o conceito de carga expressa, com o despacho de pequenos produtos e com velocidade superior, é, atualmente, uma tendência do mercado de transporte de mercadorias.

Carga Expressa Transporte

A Carga Expressa

Embora não tenha a mesma complexidade de espaço, no que diz respeito a encontrar um veículo ideal, que não esteja restrito nas grandes cidades e transporte uma quantidade de peso superior, assim como separar pequenos produtos, embalar com cuidado e ter atenção a fragilidade das encomendas, é uma tarefa complexa e que exige muito planejamento.

Urgência: uma palavra que sempre está na moda

A palavra urgente parece nunca sair do vocabulário das pessoas, que insistem em deixar, na maioria das vezes, as coisas para a última hora. Para o transporte de encomendas, a urgência, no caso de pequenas embalagens, condiz, geralmente, com fretes mais viáveis e com uma rapidez superior a de outros métodos de envio, o que garante, nessa modalidade, uma boa aceitação dos serviços de carga expressa.

Carga Expressa

Dicas para a utilização da modalidade de carga expressa

  • Rastreamento: Para que não haja problema com o transporte de pequenas remessas, ter arquivado e organizado o número de cada rastreamento é fundamental, já que permite o melhor acompanhamento do processo de entrega, conferindo, por meio de um sistema, as etapas concluídas e pendentes.
  • Documentação: Como são, às vezes, vários produtos pequenos e com uma documentação distinta, organizar a área de emissão de notas e demais documentos necessários é uma etapa que exige muita atenção, já que a falta de algum documento pode acarretar na apreensão dos produtos e demais problemas administrativos. Além disso, os itens enviados devem contar etiquetas visíveis e claras, permitindo o contato com o embarcador, caso seja necessário.
  • Embalagem: A carga expressa é uma modalidade de envio muito comum para produtos frágeis e delicados. Logo, ter uma preocupação com a embalagem adequada dos produtos é uma forma de garantir o sucesso do transporte.
  • Cotação e preço: Devido à complexidade do serviço, o nível de urgência e o roteiro esperado para a carga e descarga da remessa, a carga expressa pode ter uma variação grande do valor cobrado e, por isso, fazer cotações frequentes, no caso dos clientes, ou estar atento a média de preço cobrado, no caso dos transportadores, é fundamental para que o preço seja justo e adequado ao que se propõe.
  • Tipo de carga: Para facilitar o manuseio dos diversos tipos de produto, é recomendado que não se faça nenhuma mistura dos produtos enviados, evitando, assim, a quebra de algo, ou a falta de identificação de determinada mercadoria.

Desse modo, a carga expressa é, hoje, uma tendência no mercado de transporte, principalmente pela velocidade de entrega e facilidade de contratação do frete. Estar atento as características do serviço pode, portanto, para clientes e transportadores, resultar em um bom aproveitamento dos veículos, preços competitivos e rapidez nos processos.

Compartilhe este texto com seus amigos!